Main Article Content

Resumo

O estado de Rondônia está localizado na região Amazônica e por isso é considerado vulnerável à endemicidade da malária e área holoendêmica de anemia ferropriva. A pesquisa teve como objetivo avaliar e comparar o desempenho físico e o perfil nutricional de atletas com história de anemia e infecção por malária a atletas sadios da cidade de Porto Velho, capital do estado de Rondônia. Realizou-se um estudo de coorte retrospectivo que utilizou: a) questionários para conhecer o perfil epidemiológico da amostra estudada; b) teste de 12min, velocidade em 50m, flexão do tronco e de braço; c) registro alimentar de três dias consecutivos ou não, sendo um deles final de semana, e questionário de frequência alimentar. A análise quantitativa e qualitativa dos nutrientes foi realizada através do software de avaliação nutricional “Ava Nutri4.0”. Os resultados apontaram diferenças significativas entre o desempenho físico dos atletas com histórico de anemia e infecção por malária e atletas sadios, os quais tiveram melhor desempenho. Contudo, o consumo energético dos atletas sem história de anemia e malária não é significativamente diferente de atletas com história de anemia e malária.

Article Details

Como Citar
Cárdenas, R. N., Stabeli, R. G., da Silva, L. H. P., Tada, M. S., & Freire, I. de A. (2014). DESEMPENHO FÍSICO E AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS RESIDENTES NA AMAZÔNIA BRASILEIRA. Biológicas & aúde, 4(12). https://doi.org/10.25242/88684122014164