Main Article Content

Resumo

Os cogumelos são alimentos milenares que compõem a dieta de populações de várias partes do mundo e, no Brasil, embora o consumo ainda seja modesto, quando comparado a outros países, tem havido um aumento significativo na procura. Os cogumelos comestíveis apresentam qualidades nutricionais e funcionais atrativas, dentre elas: proteínas de boa qualidade e baixo valor calórico. Algumas espécies de cogumelos, como Shiitake, quando consumidos frescos não passam por processos de sanitização para que não sofram alterações de textura, sabor e aroma. Assim, em função da variação da origem, forma de manejo e produção, não se sabe se este produto está livre de contaminações por microrganismos patogênicos. Dessa forma, objetivou-se neste trabalho analisar a qualidade sanitária de Shiitake in natura, comercializadas no município de Campos dos Goytacazes, RJ. Amostras de dois produtores distintos foram analisadas para a detecção de coliformes totais e termotolerantes, Salmonella spp., fungos e nematoides associados. Os resultados foram negativos para coliformes totais e termotolerantes, bem como para nematoides. No entanto, foi detectada a presença de Salmonella spp. em duas amostras de um dos produtores, sendo estas consideradas impróprias para o consumo por representarem risco ao consumidor. Também foram encontrados fungos e outras bactérias deterioradoras contaminando o produto.

Palavras-chave

Coliformes; Salmonella; Fungos; Nematoides; Análise microbiológica.

Article Details

Como Citar
Mussi Dias, M. A. V., Pacheco Ferreira, L., Teixeira Azevedo, F., Dias dos Santos, P. H., & Marini Palma, L. (2020). SANITARY ANALYSIS OF Lentinula edodes (SHIITAKE) MUSHROOMS COMMERCIALIZED IN CAMPOS DOS GOYTACAZES, RJ. Perspectivas Online: Biológicas & Saúde, 10(32), 1-15. https://doi.org/10.25242/8868103220201938
Share |

Referências

  1. ALEXOPOULOS, C.J.; MIMS, C.W.; BLACKWELL, M. Introductory Mycology. 4th ed. John Wiley, New York. 1996. 870p.
  2. AMAZONAS, M.A.L.A.; SIQUEIRA, P. Champignon do Brasil (Agaricus brasiliensis): ciência, saúde e sabor. EMBRAPA Florestas (Documentos, 85), 2003. 45p.
  3. ANPC – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PRODUTORES DE COGUMELOS. Cogumelos (2013). Disponível em: https://www.anpccogumelos.org/cogumelos. Acesso em: 15 jun. 2017.
  4. ANVISA – AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução RDC nº 272 - "Regulamento Técnico Para Produtos De Vegetais, Produtos De Frutas E Cogumelos Comestíveis". Publicação: D.O.U. - Diário Oficial da União; Poder Executivo, de 23 de setembro de 2005.
  5. ANVISA – AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução RDC nº 12 – Aprova regulamento técnico sobre padrões microbiológicos para alimentos. Publicação: D.O.U. - Diário Oficial da União; Brasília, DF, 10 jan. 2001. Disponível em:http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/RDC_12_2001.pdf/15ffddf6-3767-4527-bfac-740a0400829b. Acesso em: 11 abr. 2017.
  6. ANVISA – AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Resolução RDC nº 275 Aprova regulamento técnico sobre padrões microbiológicos para alimentos. Publicação: D.O.U. - Diário Oficial da União; Brasília, DF, 10 jan. 2001. Disponível em:http://portal.anvisa.gov.br/documents/33880/2568070/RDC_12_2001.pdf/15ffddf6-3767-4527-bfac-740a0400829b. Acesso em: 11 abr. 2017.
  7. BAIA, F.P.; ORRU, H.C.D.G.; MAGALHÃES, P.P.; MENDES, S.S. Análise de métodos de produção de Shiitake no Distrito Federal. Agro em questão: Revista de Iniciação Científica da Faculdade CNA, v. 1 n. 1.1, p. 27-149. 2017.
  8. BALBI, M.E.; FABENI, F.; LAZINSKI, L.M.; MELO, A.C.S.; SOUZA, H.F. Análise nutricional e perfil aminoacídico de cogumelos shitake (Lentinus edodes, Agaricaceae). Visão Acadêmica, v.14, n.4, p. 49-60. 2013.
  9. BARRETO, M.R.; ISHIKAWA, N.K.; ALBINO, U.B.; ANDRADE-NOBREGA, G.M.; PACCOLA-MEIRELLES, L.D. Insetos associados ao cultivo do cogumelo comestível Lentinula edodes (Berk.) Pegler (Agaricales: Agaricaceae) no Brasil. Semin. Ciências Biológicas e da Saúde. v.23, p.83-86. 2002.
  10. BARROS, C. Cinco dicas para cultivar cogumelos corretamente. Disponível em: http://sfagro.uol.com.br/5-dicas-para-cultivar-cogumelos-corretamente/. Acesso em: 26 jun. 2017.
  11. BENTO, K.B.P. Atividade antimicrobiana e composição mineral do cogumelo shiitake produzido em diferentes substratos. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Agrícola) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 2001.
  12. BERNARDI, E.; NASCIMENTO, J. S. Cultivo de Pleurotus sajor-caju em diferentes substratos pasteurizados. Arq. Ins. Biol. v. 78, p.217-22. 2011.
  13. BERNARDI, E.; PINTO, D.M.; COSTA, E.L.G.; NASCIMENTO, J.S. Entomofauna associada ao cultivo de Pleurotus sajor-caju (Fr.) Singer (Agaricales: agaricaceae) no município do Capão do Leão, RS, Brasil. Arq. Ins. Biol. v. 77, n. 3, p.465-469. 2010.
  14. BETT, C.F. Cultivo artesanal do cogumelo Shiitake: uma potencial atividade para agroecossistemas sustentáveis. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional). Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Pato Branco, PR. 2016.
  15. BITO, T.; TENG, F.; OHISHI, N.; TAKENAKA, S.; MIYAMOTO, E.; SAKUNO, E.; TERASHIMA, K.; YABUTA, Y.; WATANAB, F. Characterization of vitamin B12 compounds in the fruiting bodies of shiitake mushroom (Lentinula edodes) and bed logs after fruiting of the mushroom. Mycoscience, v.55, p.462-468. 2014.
  16. BONONI, V. L.; CAPELARI, M.; MAZIERO, R. Cultivo de cogumelos comestíveis. São Paulo: Ícone, 1995. 206 p.
  17. BORGES, E.M.J. Avaliação das boas práticas de fabricação de conservas de champinnon (Agaricus bisporus (Lange) Singer) produzidas na região metropolitana de Curitiba. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de alimentos). Universidade Federal do Paraná.2010. 195p.
  18. CARNEIRO, H.S. Comida e Sociedade: significados sociais na história da alimentação. História: Questões & Debates, n. 42, 71–80 (2005).
  19. CARRAZZA, L.R.; MACIEL, L.G.; BORGES, M.C.; CORDEIRO, A.C.R.; ÁVILA, J.C.C. Caderno de normas fiscais, sanitárias e ambientais para regularização de agroindústrias comunitárias de produtos de uso sustentável da biodiversidade.2011. 67p.
  20. CAVADA, C.A.; CARDOSO, F.M. Comparação de três metodologias para quantificação de Salmonella sp. em efluentes de sistemas de tratamento de dejetos. Acta Scientiae Veterinariae, v. 38, n. 1. p17–23. 2010.
  21. CHAGAS, A.L.K.; FERNANDES, G.S.T. Qualidade microbiológica do camarão Macrobrachium amazonicum comercial. Perspectivas Online: Biológicas & Saúde, v. 9, n 30, p.38-49, 2019.
  22. DHINGRA, O.D.; SINCLAIR, J.B. Basic plant pathology methods. 2. ed. Boca Raton: CRC Press, 1995. 434p.
  23. DUPRAT, L.A., CONTE, A.C. Produção de cogumelos por meio de tecnologia chinesa modificada. Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Documento 263), 39p. 2008.
  24. EMBRAPA - Embrapa abre inscrições para o 49º Curso de Cultivo de Cogumelos Comestíveis e Medicinais. Disponível na Internet via: https://www.embrapa.br/web/portal/busca-de-noticias/-noticia/21521799/embrapa-abre-inscricoes-para-o-49-curso-de-cultivo-de-ogumelos-comestiveis-e-edicinais. Acesso em: 26 de jul de 2017.
  25. ERICKSON, R. Alergia a cogumelo shiitake. Disponível em: http://www.ehow.com.br/alergia-cogumelo-shiitake-info_385419/. Acesso em: 17 jul. 2017.
  26. FINIMUNDY, T.C.; DILLON, A.J.P.; HENRIQUES, J.A.P.; ELY, M.R.A Review on General Nutritional Compounds and Pharmacological Properties of the Lentinula edodes Mushroom. Food Nutr. Sci, v. 5, p.1095-1105. 2014.
  27. FREIRE, M.G.M.; MUSSI-DIAS, V.; COUTINHO, H.S.; HERNANDEZ, G.A.F.; TAVARES, L.P.S. Bioprospecção da flora fúngica endofítica da Reserva de Jurubatiba. Perspectivas Online: biológicas & saúde, v.21, n.6, p.6-13, 2016.
  28. FURLANI, R.P.; GODOY, H.T. Valor nutricional de cogumelos comestíveis: uma revisão Nutritional value of edible mushrooms: a revision. Rev. Inst. Adolfo Lutz, v. 64, p.149–154. 2005.
  29. FURLANI, R.P.Z.; GODOY, H.T. Valor nutricional de cogumelos comestíveis. Ciênc. Tecnol. Aliment., v. 27, n. 1, p.154-157. 2007.
  30. GONÇALVES, J.M. Espécies comestíveis de cogumelos: perfil mineral, bioacumulação de metais e preparo de material de referência certificado. Dissertação (Doutorado em Vigilância Sanitária). Rio de Janeiro: INCQS/FIOCRUZ, 2012. 99p.
  31. HAAS, L. Noções básicas para um estudo de vida vegano e saudável: como viver sem carne e sem laticínios. Babelcube Inc. 2016. 69p.
  32. KADO, C.I.; HESKETT, M.G. Selective media for isolation of Agrobacterium, Corynebacterium, Erwinia, Pseudomonas and Xanthomonas. Phytopathology, v. 60, n. 6, p. 969-976, 1970.
  33. KUSHIDA, M. M. Validação de métodos laboratoriais: avaliação do sistema bax® de análise de Salmonella sp em alimentos por reação de polimerase em cadeia (PCR). Dissertação (Doutorado em Ciência de Alimentos). Campinas: UNICAMP. 2005. 165p.
  34. MAPA - MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, DO ABASTECIMENTO E DA REFORMA AGRÁRIA. Método analítico de carcaça de aves e pesquisa de Salmonella. 1995. Disponível em: http://www3.servicos.ms.gov.br/iagro_ged/pdf/423_GED.pdf. Acesso em: 12 jun. 2017.
  35. MIWA J. Sem crueldade animal! Conheça o couro biodegradável feito de cogumelo. 2016. Disponível em: http://thegreenestpost.bol.uol.com.br/conheca-o-couro-do-futuro-que-sera-feito-de-cogumelo/. Acesso em: jul. 2017.
  36. MIZUNO, T.; SAKAI, T.; CHIHARA, G. Health foods and medicinal usages of mushrooms. Food Reviews International. v. 11, n. 1, p. 69-81, 1995.
  37. MODA, E.M. Aumento da vida útil de cogumelos Pleurotus sajor-cajuin natura com aplicação de radiação gama. Dissertação (Doutorado em Ciências). Piracicaba: USP. 2008. 105p.
  38. MOURA, AP.B.L.; PINHEIRO JUNIOR, J.W.; OLIVEIRA, R.B.A.; DUARTE, D.A.M.; RIBEIRO, A.R.; REIS, E.M.F. Reis. Pesquisa de coliformes termotolerantes, totais, e Salmonella spp. em carnes caprinas comercializadas na cidade do Recife, Pernambuco. Arq. Inst. Biol, v.74, 293–299. 2007.
  39. ORTIZ, C.H.; GANNONE, D.O. Fatores competitivos brasileiros que influenciam a internacionalização do cogumelo Agaricus blazei para o Japão. Portal Mackenzie.ano IV.n.6, 2007.
  40. PAULO, E.M. Manual da disciplina: microbiologia de alimentos. 2005. Disponível em:www.ccta.ufcg.edu.br/admin.files.action.php?action=download&id=388.Acesso em: 25 jun. 2017.
  41. ROMEIRO, R.S. Métodos em bacteriologia de plantas. 1.ed. Viçosa: Editora UFV, 2001. v.1, 279p.
  42. ROSA, L.H. Colheita e processamento de cogumelos comestíveis e medicinais para comercialização. Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais – CETEC. 2007. 16p.
  43. RUEGGER, M.J.S., TORNISIELO, S.M.T., BONONI, V.L.R., CAPELARI, M. Cultivation of the edible mushroom Oudemansiella canarii (jungh.) Höhn. In lignocellulosic substrates. Brazilian Journal of Microbiology, v. 32, 211-214, 2001.
  44. SAMPAIO, S.M.; QUEIROZ, M.R. Influência do processo de secagem na qualidade do cogumelo Shiitake. Eng. Agríc., v.26, n.2, p.570-577, 2006.
  45. SÁNCHEZ-MINUTTI, L.; TÉLLEZ-TÉLLEZ, M.; TLECUITL-BERISTAIN, S.; SANTOS-LÓPEZ, G. Antimicrobial activity of a protein obtained from fruiting body of Lentinula edodes against Escherichia coli and Staphylococcus aureus. Journalof Environmental Biology, v. 37, 619-623,2016.
  46. SANTOS, D.M.S.; JUNIOR, A.B.; FERNANDES, S.A.; TAVECHIO, A.T.; AMARAL, L.A. Salmonella em carcaças de frango congeladas. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.20, n.1, p.39-42, 2000.
  47. SEBRAE. Para início de negócio: cultivo de cogumelo. Sebrae/MG. 2005. 67p.
  48. SEIFERT, K.; MORGAN-JONES, G.; GAMS, W.; KENDRICK, B. The Genera of Hyphomycetes. CBS Biodiversity Series no. 9: 1–997. CBS-KNAW Fungal Biodiversity Centre, Utrecht, Netherlands. 2011.
  49. SILVA, N.; JUNQUEIRA, V.C.A.; SILVEIRA, N.F.A.; TANIWAKI, M.H.; SANTOS, R.F.S.; GOMES, R.A.R.; OKAZAKI, M.M. Manual de métodos de análise microbiológica de alimentos e agua. São Paulo: Logomarca Varela. 3ª ed. 2007.
  50. SOUZA, J.M.L.; CARTAXO, C.B.C.; LEITE, F.M.N.; REIS, F.S. Avaliação icrobiológica de amêndoas de castanha-do-brasil em usinas de beneficiamento no Acre. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, 39. 2004. 24p.
  51. TIHOHOD, D. Nematologia agrícola aplicada. 1. Jaboticabal. Funep. 1993.
  52. URBEN, A.F. Consumo de cogumelos cresce no Brasil. 2014. Disponível em: http://www.canalrural.com.br/videos/rural-noticias/consumo-cogumelos-cresce-brasil-32900. Acesso em: 26 jul. 2017.
  53. URBEN, A.F. Produção de cogumelos por meio de tecnologia chinesa modificada. Brasília: Embrapa, 2004. 186 p.
  54. VARGAS, A.M. Análise diagnóstica da cadeia produtiva de cogumelos do Distrito Federal. Dissertação (Mestrado em Agronegócios). Universidade de Brasília - Fac. Agron. e Med. Veterinária. 2011. 130p.
  55. VEIGA S.M.O.M.; NASCIMENTO, L.C.; CARVALHO, P.L.N. Apostila de aulas práticas de microbiologia ambiental. Alfenas: UNIFAL. 2013. 55p.