Main Article Content

Resumo

A Poluição Tabagística Ambiental (PTA) é a poluição gerada pela queima de produtos derivados do tabaco em ambientes fechados, tornando-se um dos relevantes problemas de saúde pública. A presente pesquisa é baseada em um estudo experimental, com o objetivo de analisar as alterações morfológicas ocorridas no sistema respiratório e avaliar as modificações no consumo hídrico e alimentar no ganho de massa corporal de ratos Wistar adultos submetidos a exposição da fumaça de cigarro. Assim, os animais foram divididos em dois grupos, dos quais um foi tratado com a exposição a fumaça e o outro grupo controle submetido ao mesmo regime sem a fumaça. Nos resultados histopatológicos observou-se a presença de processos inflamatórios, perda de cílios, e espessamento dos alvéolos pulmonares. Em relação  a massa corporal, consumo hidrico e alimentar encontrou-se uma redução da massa corporal e um maior consumo hídrico e alimentar. Tais danos evidenciam a importância do conhecimento sobre os efeitos da PTA tanto no meio ambiente quanto na saúde humana

Article Details

Biografia do Autor

Ana Rosa Crisci, Laboratório de Morfologia Centro Universitário Barão de Mauá

Departamento de Morfologia

área de Histologia 

Carla Qualio Otero, Centro Universitário Barão de Mauá Bióloga

Departamento de Morfologia

área de Histologia 

Lais Fernanda Fausto de Oliveira, Centro Universitário Barão de Mauá Bióloga

Departamento de Morfologia

área de Histologia 

Nathália Pavan Vianna, Centro Universitário Barão de Mauá Bióloga

Departamento de Morfologia

área de Histologia 

Marcelo Pardi Castro, Centro Universitário Barão de Mauá Médico Vetérinário

Departamento de Veterinária

área: Anestesiologia

Como Citar
Crisci, A. R., Otero, C. Q., Fausto de Oliveira, L. F., Vianna, N. P., & Castro, M. P. (2015). POLUIÇÃO TABAGÍSTICA AMBIENTAL (PTA) E SUAS CONSEQUÊNCIAS NO APARELHO RESPIRATÓRIO E GANHO DE PESO EM RATOS WISTAR. Biológicas & aúde, 5(16). https://doi.org/10.25242/88685162015583