Main Article Content

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a viabilidade econômica da implementação de um sistema de reúso da água de irrigação das mudas de cedro australiano. Além disso, o trabalho se propõe ainda a identificar a quantidade de água utilizada na irrigação da área menor e maior da casa, fazer o levantamento dos custos para implementação do projeto e desenvolver um novo layout para implementar o sistema de captação da água desperdiçada. O custo do projeto de implementação foi estimado em R$ 8.323,30 (oito mil e trezentos e vinte três reais e trinta centavos) por unidade, isto é, por casa de vegetação. Sendo 60 casas que existem atualmente, o desembolso total para implementação do empreendimento seria de R$ 499.398,00 (quatrocentos e noventa e nove mil e trezentos e noventa e oito reais). Os levantamentos feitos durante a elaboração do trabalho mostram que o reúso permite uma economia mensal de R$ 37.800,00 (trinta e sete mil e oitocentos reais). Em termos anuais, e admitindo a hipótese de que a tarifa cobrada pela concessionária não vai se alterar, a economia anual seria de R$ 453.600,00 (Quatrocentos e cinquenta e três mil e seiscentos reais). Foram considerados, ainda, os seguintes métodos de análise de investimento. Taxa Interna de Retorno (TIR), Payback Simples (PBS). Foi estabelecida a taxa de 12% ao ano,constatou-se que a implementação de um sistema de reutilização de água de irrigação na casa de vegetação localizada na UENF em Campos dos Goytacazes mostrou-se economicamente viável.

Article Details

Como Citar
de souza ferreira, tayná G. (2017). PROPOSTA DE VIABILIDADE ECONÔMICA PARA IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE REÚSO DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO: ESTUDO DE CASO EM UMA CASA DE VEGETAÇÃO– CAMPOS, RJ. Perspectivas Online: Exatas & Engenharias, 7(17). https://doi.org/10.25242/885X71720171081

Referências

  1. AZEVEDO.C; ALMEIDA.K; VALLE V. Proposta de implantação de sistema de reuso de água pluvial para uso em um lava rodas. Mato Grosso, 2004 (Dissertação de Mestrado).
  2. BERTONCINI, Edna Ivani. Tratamento de efluentes e reuso da água no meio agrícola, revista tecnologia e inovação agropecuária. Cidade: São Paulo. Editora, 2008.
  3. BRAGA, Benedito; et al. Introdução à Engenharia Ambiental: o desafio do desenvolvimento sustentável. 2.ed. São Paulo/SP: Pearson, 2005.
  4. BRASIL. Lei nº 9433, de 8 de janeiro de 1997. Institui a Política Nacional de Recursos Hídricos, cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, regulamenta o inciso XIX do art. 21 da Constituição Federal, e altera o art. 1º da Lei nº 8.001, de 13 de março de 1990, que modificou a Lei nº 7.990, de 28 de dezembro de 1989.
  5. CARVALHO, D. F.; SOARES, A. A.; RIBEIRO, C. A. A. S.; SEDIYAMA, G. C.; PRUSKI, F. F. Otimização do uso da água no perímetro irrigado do Gorutuba, utilizando a técnica da programação linear. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 4, n. 2, p. 203 – 209, 2000.
  6. CASSAROTO FILHO, N. Projeto de Negócios: Estratégias e Estudos de Viabilidade. 1. ed. São Paulo: Atlas S.A., 2002. 301 p.
  7. CASSAROTO FILHO, N.; KOPITTKE, B. H. Análise de Investimentos. 9. ed. São Paulo: Editora Atlas S.A., 2000. 458 p.
  8. DAMODARAN, Aswath. Finanças Corporativas Aplicadas. Manual do usuário. Cidade: São Paulo, Editora Atlas S.A, Ano 2008
  9. GALLO, Z, Ethos, a grande morada humana: econômica, ecologia e ética. São Paulo, Ed.Ottoni,2007.
  10. GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4.ed. São Paulo: Atlas, 2008. 175p.
  11. HERNANDEZ, F. B. T. Manejo da irrigação. 2004. Disponível em www.irrigaterra. com.br/manejo.php. Acesso em 28 ago.2014.
  12. MAY, S. Estudo da viabilidade do aproveitamento da água de chuva para consumo não potável em edificações. 2004. 159p. Dissertação (Mestrado), Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo – SP, 2004.
  13. MIGUEL, P. A. C. Estudo de caso na engenharia de produção: estruturação e recomendações para sua condução. Revista Produção, v. 17, n.1, p. 216-229, Jan. / Abr. 2007.
  14. NEWNAN, D. G.; LAVELLE, J. P. Fundamentos de Engenharia Econômica. Tradução Alfredo Alves de Farias. 1. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. 1998. 359 p.
  15. PHILIPPI JR, Arlindo. Saneamento, Saúde e Ambiente: Fundamentos para um Desenvolvimento Sustentável. 2d Editora Manole. São Paulo, SP. 2005.
  16. PONCIANO, N. J. et al. Análise de Viabilidade Econômica e de Risco da Fruticultura na Região Norte Fluminense. RER, Rio de Janeiro, vol. 42, nº 04, p. 615-635, Out./Dez. 2004.
  17. SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. 3.ed. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001. 121p.
  18. SOUZA, A.; CLEMENTE, A. Decisões Financeiras e Análise de Investimentos: Fundamentos, Técnicas e Aplicações. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2004. 178 p.
  19. Tradução Jorge Ritter – Porto Alegre: Bookman, 2002.
  20. VARGAS, M. C. O negócio da água riscos e oportunidades das acessões de saneamento da iniciativa privada estudo de caso no sudeste brasileiro. São Paulo, Ed. Annablume,2005.