Main Article Content

Resumo

Observando-se a legislação vigente e considerando-se o método de clarificação da água, procedeu-se com a análise de uma amostra de efluente gerado de uma lavanderia universitária, com o objetivo de identificar se o efluente, após tratamento, adequa-se às condições físico-químicas permitidas para o descarte ambientalmente adequado nos corpos receptores. A metodologia deste estudo consistiu em analisar o efluente bruto, sem tratamento, e após tratamento (coagulação, floculação e decantação) e filtração, considerando os parâmetros Cor, Turbidez, pH, Condutividade, Nitrogênio Total e Carbono Orgânico Total para para obter parâmetros comparativos dado o processo de clarificação. De uma maneira geral, o estudo sobre as condições de descarte no meio ambiente do efluente tratado, considerando os resultados apontados para a amostra utilizada na pesquisa, apresenta características que correspondem ao exigido nos padrões de qualidade. Entretanto, o parâmetro pH ficou abaixo do padrão estabelecido. Tal fato sugere que, para o descarte ambientalmente adequado do efluente tratado, a lavanderia analisada deverá, ainda, corrigir o pH da água. 

Article Details

Biografia do Autor

Anny Kariny Feitosa, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Doutoranda em Ambiente e Desenvolvimento, Univates. Docente no IFCE.

Leandro Berwanger, Univates

Mestrando em Ambiente e Desenvolvimento, Univates

Maurício Hilgemann, Univates

Doutor em Química (UFSM). Docente na Univates.
Como Citar
Feitosa, A. K., Berwanger, L., & Hilgemann, M. (2015). ANÁLISE DE EFLUENTES DE UMA LAVANDERIA UNIVERSITÁRIA. Perspectivas Online: Exatas & Engenharias, 5(11). https://doi.org/10.25242/885X5112015585