Main Article Content

Resumo

A quantidade de chuva representada em uma região é um dos fatores mais importantes para a caracterização do clima e, por conseguinte, nas relações de consumo da mesma. É importante também para o desenvolvimento socioeconômico de uma região, tendo em vista o seu diverso uso em todos os setores. Analisou-se, neste trabalho, a espacialização da variabilidade da precipitação média num período de 10 anos das cidades do Centro Sul do Ceará com o objetivo de caracterizar quais cidades estão sofrendo com a estiagem/seca e o que deve ser feito para que este cenário mude. Os resultados obtidos foram de que numa pequena região há bastantes oscilações quanto à precipitação, que grandes partes dos municípios estudados estão abaixo da média gerada e que eventos como El Niño, La Niña e Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) podem influenciar no regime pluviométrico quando sendo analisadas em conjunto, não separadamente. Também se concluiu que a espacialização tem serventia de maneira geral para fins de dimensionamento agronômicos e armazenamento de água em lugares estratégicos.

Article Details

Biografia do Autor

Eldir Bandeira da Silva, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Graduando em Tecnologia em Irrigação e Drenagem

Kleber Gomes de Macêdo, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Graduando em Tecnologia em Irrigação e Drenagem

Anny Kariny Feitosa, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Doutorando em Ambiente e Desenvolvimento

José Ribeiro de Araújo Neto, Instituto Federal do Ceará - IFCE

Doutorando em Engenharia Agrícola

Como Citar
Bandeira da Silva, E., Gomes de Macêdo, K., Feitosa, A. K., & Ribeiro de Araújo Neto, J. (2017). VARIAÇÃO ESPACIAL DA PRECIPITAÇÃO DAS CIDADES DO CENTRO DO SUL DO ESTADO DO CEARÁ, BRASIL. Perspectivas Online: Exatas & Engenharias, 6(16). https://doi.org/10.25242/885X6162016640