Main Article Content

Resumo

A exploração de petróleo é uma atividade que possui grande relevância para economia brasileira,
possui grandes riscos operacionais e por isso demanda grandes esforços da engenharia. Esta
exploração se concentra em grande parte na exploração marítima (offshore), que consiste na extração
do óleo bruto (Petróleo) através da perfuração do leito do mar. Para realizar o transporte destes fluídos
é necessária dentre outros equipamentos a utilização de dutos que podem ser rígidos ou flexíveis. Os
dutos rígidos possuem um valor mais acessível e são mais utilizados em pequenas laminas d’agua,
cerca de 200 m, águas rasas. Já os dutos flexíveis são utilizados tanto para pequenas profundidades
assim como para grandes laminas d’agua além de serem utilizados em instalações em terra (onshore),
porém possuem um valor mais elevado. Os dutos flexíveis levam vantagem em relação aos dutos
rígidos devido a instalação ser mais barata. Outra vantagem é que os dutos flexíveis podem ser
recolhidos e utilizados numa outra região com muito mais rapidez e facilidade. Durante a fabricação
de dutos flexíveis podem ocorrer falhas de diversos aspectos, quando um destes problemas ocorre na
primeira etapa de fabricação que é a carcaça, é necessário que essa falha seja removida, assim é feito o
corte da carcaça, removendo a parte afetada pelo defeito. Com isso a carcaça fica dividida em duas
partes. Após esta divisão é necessário reconectar a carcaça, atualmente este procedimento é executado
através de esforço humano o que demanda demasiado esforço dos executantes da atividade. O
trabalho proposto tem como objetivo o desenvolvimento de uma máquina para reconectar a carcaça de
dutos flexíveis com isso os resultados esperados são, facilitar a execução deste procedimento e
melhorar a qualidade do produto final. Para isso foi utilizado como metodologia o estudo sobre o
processo de torção Segundo Beer, F.P., Johnston, (1996), e a utilização do Softwere SolidWorks para
desenvolver os componentes da máquina e testar a viabilidade do projeto.
Palavras Chave: Dutos Flexíveis, exploração petrolífera e carcaça.

Article Details

Como Citar
H., P., M.S., V., & S., A. (2015). PROJETO DE MÁQUINA TORQUEADORA. Perspectivas Online: Exatas & Engenharias, 5(13). https://doi.org/10.25242/885X5132015711