Main Article Content

Resumo

Visto que a satisfação do cliente é a chave para o sucesso, é necessário ficar atendo as suas necessidades, para poder oferecer um produto que possa supri-las. As necessidades do cliente podem ser traduzidas em forma de requisitos de qualidade, que devem estar claros para a organização, possibilitando a tomada de ações no sentido de corrigir possíveis desvios. Baseado neste preceito, o QFD (Quality Function Deployment) encontra cada vez mais espaço na indústria, à medida que se observa o acirramento da competitividade entre as empresas e o aumento do nível de exigência dos consumidores. O objetivo deste trabalho é propor a implantação da ferramenta QFD em uma empresa produtora de artefatos de concreto, situada na região do Vale do Rio Pardo no estado do Rio Grande do Sul, promovendo um aumento nos diversos aspectos de qualidade de seu principal produto, postes de concreto para utilização em redes de transmissão de energia. Para elaboração da matriz QFD, utilizou-se um questionário estruturado aplicado aos principais clientes, com perguntas fechadas de múltipla escolha sendo que ao final do estudo os atributos identificados como de maior relevância para a tomada de ações de melhoria na qualidade foram a resistência do concreto e a armadura. 

Article Details

Como Citar
Reis, L. V., Mallmann, M. A., de Carvalho, A. C. L., Diesel, L., & Silva, A. L. E. (2017). APLICAÇÃO DA FERRAMENTA QFD NA INDÚSTRIA DE ARTEFATOS DE CONCRETO. xatas & ngenharias, 7(17). https://doi.org/10.25242/885X7172017930

Referências

  1. AKAO, Y. Quality Function Deployment. Cambridge: Productivity Press, 1990.
  2. BÜYÜKÖZKAN, G. & ÇIFÇI, G. An integrated QFD framework with multiple formatted and incomplete preferences: A sustainable supply chain application. Applied soft computing. v. 13, n. 9, p. 3931-3941, 2013.
  3. CHENG, L. C. QFD em desenvolvimento de produto: características metodológicas e um guia para intervenção. Produção Online. V. 3, n. 2, 2003.
  4. CHENG, L. C. & MELO FILHO, L. D. R. QFD: Desdobramento da função qualidade na gestão de desenvolvimento de produtos. 2. ed. São Paulo: Blücher, 2010.
  5. DU, Y.; CAO, H.; CHEN, X. & WANG, B. Reuse-oriented redesign method of used products based on axiomatic design theory and QFD. Journal of Cleaner Production, v. 39, p. 79-86, 2013.
  6. DURSUN, M. & KARSAK, E. E. A QFD based fuzzy MCDM approach for supplier selection. Applied Mathematical Modeling, V. 37 p. 5864-5875, 2013.
  7. FIEMG - Federação das Indústrias de Minas Gerais. Guia de Sustentabilidade do Setor de artefatos de cimento. 2009. Disponível em: . Acesso em: 09 dez. 2015.
  8. FNQ. Cadernos de excelência: Clientes / Fundação Nacional da Qualidade. Série Cadernos de Excelência. n. 3, São Paulo, 2008.
  9. H-ZEN - Soluções Industriais. Produção de Artefatos de cimento: Por que automatizar?. 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2015.
  10. Dias Jr., F. J, Muniz Jr, J., Claro, F. A. E., e Nakano, D. N. (2012). Desdobramento da função qualidade (QFD) no desenvolvimento de projeto de treinamento: estudo exploratório para serviço. Revista Produção Online, v. 12, n. 1, p. 91-118, 2012.
  11. KAMVYSI, K.; GOTZAMANI, K.; ANDRONIKIDIS, A. & GEORGIOU, A. C. Capturing and prioritizing students’ requirements for course design by embedding Fuzzy-AHP and linear programming in QFD. European Journal of Operational Research, V. 237, p. 1083-1094, 2014.
  12. LOOS, M. J. & MIGUEL, P. A. C. Utilização do QFD no desenvolvimento de novos produtos: uma análise das publicações em periódicos nacionais. Produto & Produção (Online), v. 15, p. 17-31, 2014.
  13. MARX, A. M.; ECHEVESTE, M. E. S. & PAULA, I. C. Desdobramento da função qualidade aplicado ao projeto de um detergente sustentável. Produção, v. 21, p. 724-741, 2011.
  14. MENDONÇA, M. D. S.; PINHEIRO, S. S.; Da HORA, H. R. M., & COSTA, H. G. Análise da eficácia da implantação do programa 5s: um estudo de casos em uma indústria moveleira. Perspectivas Online, v. 4, n. 13, p. 20-35, 2010.
  15. MIGUEL, P. A. C. & CARNEVALLI, J. A. Aplicações não-convencionais do desdobramento da função qualidade. São Paulo: Artliber, 2006.
  16. MIGUEL, P. A. C. Implementação do QFD para o Desenvolvimento de Novos Produtos. São Paulo: Atlas S.A., 2008.
  17. PIANNA, L. M. & REIS, T. B. Satisfação dos clientes: uma análise da qualidade dos serviços prestados por um hospital do norte fluminense. Perspectivas Online, v. 5, n. 14, 2015.
  18. PINTO, R. S. & FONTENELLE, M. A. M. Desdobramento da Função Qualidade - QFD no processo de desenvolvimento de produtos: Uma aplicação prática. In: XXXIII ENEGEP, Salvador, 2013.
  19. PRASZKIEWICZ, I. K. Application of neural network in QFD matrix. Journal of Intelligent Manufacturing, V. 24, p. 397-404, 2013.
  20. SCHELLER, A. & MIGUEL, P. A. C. Aplicação do Método QFD na Proposição de Nova Matriz Curricular para um Curso de Graduação de uma Universidade Pública do Sul do Brasil. Revista de Ensino de Engenharia, v. 31, n. 2, p. 1-16, 2012.
  21. SINAPROCIM - Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento. Dados Setoriais 2013: Faturamento Nacional do Setor. 2014. Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2015.
  22. UNTERLEIDER, C. & SELLITTO, M. Aplicação do QFD em etapas iniciais do desenvolvimento de um odorizador de automóveis. Revista Produção Online, v. 12, p. 377-401, 2012.
  23. YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.