Main Article Content

Resumo

A tentativa de categorizar e disciplinar os indivíduos em busca da ordem socialmente aceita pode implicar no afastamento ou tratamento de quem é estigmatizado pelo fato do mesmo não se encaixar no que é considerado normal. Um modelo inclusivo, quando apresenta uma busca intensiva de incluir, porém sem reflexão, pode se tornar um instrumento normalizador que expressa violência ao invés de acolhimento. Refletir aspectos que entrelacem Psicopatologia Fenomenológica, Filosofia Foucaultiana e inclusão social.
De acordo com as referências estudadas e discutidas ao logo das aulas de Psicopatologia, foi proposto um trabalho em que o filme "O Solista" foi definido para o grupo, com a proposta de ser o ponto de partida para articulações teóricas.

Article Details

Como Citar
GONÇALVES, L. A., BARRETO, T., SILVA, L., MORAES, T., BARBOSA, G., & SILVA., T. (2016). UMA CANÇÃO QUE PEDIA PARA SER OUVIDA: INCLUSÃO E PRECONCEITO. Humanas & Sociais Aplicadas, 5(14). https://doi.org/10.25242/887651420151099