Main Article Content

Resumo

 A cidade de Campos dos Goytacazes/RJ,conta com poucos estudos desenvolvidos sobre a realidade do sujeito drogadicto. O presente projeto objetiva levar informações ao sujeito drogadicto e/ou aos seus familiares, bem como sensibilizar os mesmos quanto à possibilidade de intervenção sob a drogadição por meio da reflexão e assimilação de ajuda local. O projeto envolve as características de pesquisa descritiva, estudo de campo, culminando numa ação social. Nesta primeira etapa utilizar-se-à pesquisa documental e observação in loco na obtenção dos dados sobre a rede de apoio ao sujeito drogadicto existente em Campos. Os resultados apresentados preliminarmente dizem respeito à primeira etapa do projeto. A rede de apoio localizada mostrou-se diversificada quanto a sua tipologia, sendo as instituições religiosas  de grande expressão. Identificou-se a existência de um CAPS-AD, treze grupos de  AA e um Escritório Central de AA, sete grupos de  NA, sete comunidades terapêuticas, dois Hospitais Psiquiátricos,  uma Emergência Psiquiátrica e três grupos de Pastoral da Sobriedade. Concluí-se que com os dados já identificados é possível iniciar a editoração do livreto que será distribuído publicamente, todavia, entende-se que o levantamento de informações que inicialmente imaginou-se ser apenas uma primeira etapa, deverá ser mantido até o final do projeto.

Palavras-chave

Drogadição Informação Sensibilização Psicologia.

Article Details

Como Citar
Henrique Ribeiro-Andrade, Érica, Teresa Barbosa Barreto, M. F., & Santana Chagas, V. (2017). POR UM SORRISO SEM DROGAS: A REALIDADE DA REDE DE APOIO EM CAMPOS DOS GOYTACAZES. Humanas & Sociais Aplicadas, 7(19). https://doi.org/10.25242/887671920171178