Main Article Content

Resumo

Trata-se de um projeto inserido no Programa Voluntário de Iniciação Científica PROVIC/ISECENSA. Configura-se ainda como um desdobramento da intervenção Clínica Nômade Voz da Rua, do curso de Psicologia do ISECENSA. O presente projeto tem como objetivo principal mapear a representação social de mulheres em situação de rua sobre sua vulnerabilidade/vulneração nesse contexto. Nessa fase preliminar, visando o embasamento teórico, buscou-se a partir de uma revisão exploratória da Literatura, identificar a produção bibliográfica do campo da saúde, da última década, publicados   em periódicos indexados. Pode-se constatar que há uma parca produção sobre população em situação de rua e menos ainda se sabe sobre a mulher nesse contexto. Foram localizados apenas 10 textos sobre o tema. Isso dificulta uma análise mais clara sobre a vulnerabilidade desse grupo, principalmente, no que tange as múltiplas violações a que está submetido e as demandas de cuidado dentro de uma perspectiva de gênero.  Os textos apontam para uma categoria homogênea - "população de rua" - sem considerar as especificidades de cada grupo social que ali está e que demandam intervenções e políticas públicas específicas. O desafio para uma atuação positiva em relação à população em situação de rua, especialmente às mulheres, está em vislumbrar como, numa sociedade com tantas contradições, contrastes e exclusões, é possível criar referenciais para a inclusão social. O jogo entre invisibilidade e visibilidade, da mulher que incomoda e se faz notar, nos impulsiona a dar voz a essas mulheres.  A escuta desse grupo, através da construção de Histórias de Vida dessas mulheres, será o desdobramento desse trabalho

Palavras-chave

população em situação de rua gênero Psicologia

Article Details

Como Citar
M. C. MARTINS, A. R., G. P. CONCEIÇÃO, M., F. GOMES, T., S. MIRANDA, R. M., MUYLAERT, H., S. SOUSA, P. M., & CONSTANTINO, P. (2018). A MULHER NO CONTEXTO DE RUA - ENTRE A VULNERABILIDADE E A VULNERAÇÃO. Humanas & Sociais Aplicadas, 8(22). https://doi.org/10.25242/887682220181537