Main Article Content

Resumo

O que distingue o ser humano das demais espécies de seres vivos é sua capacidade racional e evolutiva na cognição. O homo sapiens é o único ser vivo com aptidão para pensamento abstrato e condições de aprendizado inteligível – ser cognoscente. O processo de composição de conceitos, experiências, construção de conhecimentos, assimilação, aquisição, acomodação e equilíbrio somente se materializará com eficácia quando houver a presença de elementos fundamentais (atenção, memória, emoção e funções executivas) que incidirão como elos necessários para o processo de aprendizagem de sucesso. O presente estudo traz como objetivos identificar cada elemento para compreensão do processo de ensino-aprendizagem por parte do sujeito aprendente. Reconhecer como se dá a materialização de cada unidade no seu sistema processual cerebral. A metodologia adotada foi a revisão de literatura, por meio da qual fez-se reflexões sobre o processo individual do ser humano na construção do conhecimento e aquisição e potencialidade de aprender. Essa reflexão se deu sob a ótica compreensiva das estruturas orgânicas cerebrais. Ao iniciar a análise, foi identificada a marca digital da comunicabilidade da psicopedagogia com outras ciências a fim de compreender e identificar quais quesitos e ações necessários para que o sujeito-paciente possa ter êxito nas suas ações construtivas do próprio conhecimento. Dessa forma, pretendeu-se demonstrar nesse trabalho que, se um desses elementos não estiver presente ou sua atuação preterida, não há de se falar em processo de aprendizagem eficaz. O ser humano possui como órgão vital para sua sobrevivência o cérebro. É dele que advém suas capacidades cognitivas, emocionais, afetivas e sociais que o faz ser diferente das outras espécies de seres vivos.  Não há de falar em processo de aprendizagem eficaz se não houver compreensão do funcionamento do Sistema Nervoso Central e de seus respectivos córtex cerebrais com suas funções, por parte do educador. Caberá ao docente proporcionar estratégias e métodos pedagógicos fomentadores da efetiva atividade cerebral capaz de compreender as informações expostas para sua estruturação interna por meios de processos neuronais, sinápticos, atencionais, memoriais, emocionais e executivos. Ao psicopedagogo é incumbido o papel científico, clínico e interventivo de desenvolver estímulos e potencialidades para que o sujeito aprendente não tenha prejuízo na construção não somente do seu conhecimento, mas de sua essência vital para o convívio em sociedade e sua respectiva independência.

Palavras-chave

cérebro aprendizagem cognição

Article Details

Como Citar
R. G. GOMES, F., B. RIBEIRO, A. L., C. GOBETI, L., & F. D. SEABRA, L. (2018). PROCESSO DE APRENDIZAGEM EFICAZ: OLHAR E AÇÕES PSICOPEDAGÓGICAS DIANTE DA INTERDISCIPLINARIDADE COGNITIVA CIENTÍFICA. Humanas & Sociais Aplicadas, 8(22). https://doi.org/10.25242/887682220181645