Main Article Content

Resumo

Este estudo tem por objetivo apresentar práticas integradoras e interdisciplinares desenvolvidas por professores que atuam em um curso de formação de professores. Ele retrata as ações implementadas, como um indicativo de inovação nas formas de ensinar e aprender, na reorganização da relação teoria e prática, na relação orgânica entre as disciplinas a partir da flexibilidade do currículo, do estímulo à participação, do estágio com pesquisa e a produção dos estudantes em processo formativo, superando a perspectiva tradicional do ensino e aprendizagem. Trata-se de uma estudo empírico, de natureza qualitativa, exploratória e interpretativa. A populaçao da pesquisa envolveu a experiência vivida por 06 (seis) professores e 48 (quarenta e oito) estudantes de uma instituição de ensino superior privada, do interior do estado do Rio de Janeiro, no ano de 2019. Os resultados obtidos revelam que, a partir de uma prática integrada e interdisciplinar, do procedimento pedagógico “estágio com pesquisa”, pode-se romper com a fragmentação teoria e prática, concorrendo para que a aprendizagem ganhe significação.

Palavras-chave

Interdisciplinaridade Currículo Inovação

Article Details

Biografia do Autor

Teresa Claudina de Oliveira Cunha, ISECENSA

Humanas e Sociais Aplicadas

Como Citar
Cunha, T. C. de O., Rabelo , P. S. T., & Cabral , C. P. (2020). Projeto Integrador: Educar pela Pesquisa. Humanas & Sociais Aplicadas, 10(28), 50-59. https://doi.org/10.25242/8876102820202002

Referências

  1. BENDER, W. N. Aprendizagem baseada em projetos: educação diferenciada para o século XXI. Tradução por Fernando de Siqueira Rodrigues. Porto Alegre: Penso, 2014.
  2. BERGONSI, F. Recursos didáticos e aprendizagem estudantil no ensino superior. In: DEBALDI, B. (org.) Metodologias ativas no ensino superior: o protagonismo do aluno. Porto Alegre: Penso, 2020.
  3. CAMARGO, F.; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado. Porto Alegre: Penso, 2018.
  4. CARVALHO, L. A. de. (2016). Tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC’s) e a sala de aula. Humanas & Sociais Aplicadas, v. 6, n.17, dez. 2016.
  5. CLAPIS, M. J. Estudantes aprendem fazendo. In: DEBALDI, B. (org.) Metodologias ativas no ensino superior: o protagonismo do aluno. Porto Alegre: Penso, 2020.
  6. CUNHA, T. C. O; TINOCO, P. S.; CABRAL, C. P. Prática integrada e interdisciplinar como proposta de inovação na formação de professores, 2019. In: Anais CONEDU, 2019. Fortaleza. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO _EV127_MD4_SA1_ID13538_04102019130741.pdf. Acesso em: 10 nov. 2019,
  7. PEDROSO, C. C. A.; PINTO, U. A.. Ações integradoras e de pesquisa na formação inicial do professor polivante: experiências inovadoras em cursos de Pedagogia no Estado de São Paulo. In: PEDROSO, C. C. A. et al. (orgs.). Cursos de Pedagogia: inovações na formação de professores polivalentes. São Paulo: Cortez, 2019.
  8. FAZENDA, I. C. A.. A aquisição de uma formação interdisciplinar de professores. In: FAZENDA, I. C. A. (org.). Didática e interdisciplinaridade. 17. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.
  9. FAZENDA, I. C. A.; GENTILE, F.; MASMO, P. L. Interdisciplinaridade: currículo, didática e inovação. In: CAMPOS, F. R.; BLIKSTEIN, P. (orgs.). Inovações radicais na educação brasileira. Porto Alegre: Penso, 2019. (Série Tecnologia e Inovação na Educação Brasileira).
  10. FAZENDA, I. C. A.. Interdisciplinaridade: definição, projeto, pesquisa. In: FAZENDA, Ivani Catarina Arantes (coordenadora) Práticas interdisciplinares na escola. 13. ed. rev. e ampl. São Paulo: Cortez, 2013.
  11. MORAES, F.; KÜLLER, J. A. Currículos integrados no ensino médio e na educação profissional: desafios, experiências e propostas. São Paulo: Editora Senac, 2016.
  12. MORAN, J. Transformar as aulas em pesquisa e comunicação presencial-virtual. Revista Interações. v. 5, p. 57-72, 2000.
  13. PIMENTA, S. G.; LIMA, M. S. L.. Estágio e docência. Colaboração de Erika Barroso Dauanny e Elisângela André da Silva Costa. 8. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Cortez, 2017.
  14. SHATALOFF, L. P. Planejamento integrado no curso de psicologia. In: DEBALD, B. (org.). Metodologias ativas no ensino superior: o protagonismo do aluno. Porto Alegre: Penso, 2020.