Main Article Content

Resumo

Nos dias atuais, o arquiteto e urbanista tem seu exercício profissional intrinsecamente atrelado à utilização de computadores e softwares. Para além do investimento em hardware, os preços desses softwares são uma barreira para muitos profissionais ingressantes no mercado de trabalho, que acabam por utilizá-los de maneira indevida - ferindo leis de propriedade intelectual. Tal prática incorre em uma atividade ilegal e ainda cria distorções nos preços de projetos praticados no mercado. Por conta disso, identifica-se a necessidade de estudar o fluxo de projeto de arquitetos e urbanistas a fim de formalizar orientações quanto às possibilidades de uso de softwares pagos e livres. Para tal, busca-se gerar um infográfico acerca do fluxo de trabalho dos arquitetos e os softwares pagos e livres que podem ser utilizados. Trata-se de conscientizar sobre a legalidade na atividade profissional, trazer recomendações para o meio acadêmico e valorizar a atuação do arquiteto e urbanista.

Palavras-chave

Tecnologias digitais Softwares Freeware Propriedade Intelectual

Article Details

Como Citar
Francisco dos Santos Neto, A., & Dias Venâncio, G. (2021). Softwares livres e pagos na Arquitetura e Urbanismo: ferramentas essenciais para o exercício profissional contemporâneo. Perspectivas Online: Humanas & Sociais Aplicadas, 11(32), 35-36. https://doi.org/10.25242/8876113220212435