Main Article Content

Resumo

Em resposta ao predomínio masculino nos estudos sobre delinquência juvenil, esta comunicação pretende
explorar uma das suas faces invisíveis, aquela que é praticada por raparigas. Discutindo e criticando a
construção de uma “história única” sobre a delinquência juvenil feminina, apresentam-se resultados de uma
pesquisa qualitativa, realizada no âmbito do meu doutoramento, sobre experiências e significados da
transgressão nos percursos de vida de raparigas em cumprimento de medidas tutelares educativas. A
elaboração de retratos sociológicos, a partir da análise dos processos individuais e das entrevistas realizadas,
permitiu explorar os discursos dominantes em relação à transgressão e traçar perfis de percursos
transgressivos, que (re)colocam as jovens como sujeitos sociais.

Article Details

Como Citar
Duarte, V. M. (2012). OS CAMINHOS DE ALICE DO OUTRO LADO DO ESPELHO: DISCURSOS E PERCURSOS NA DELINQUÊNCIA JUVENIL FEMININA. Humanas & Sociais Aplicadas, 2(5). https://doi.org/10.25242/887625201264