Main Article Content

Resumo

Este trabalho tem por finalidade evidenciar resultados do processo de aprendizagem de leitura e escrita de crianças de quatro e cinco anos do CENSA. Ao ingressarem na Escola Infantil do CENSA, com (um ano e
seis meses), as crianças trabalham com as marcas gráficas, inseridas em livros, cadernos e cartazes, dando início a um gradual processo de construção de conceitos, cujo primeiro desafio é distinguir o que é desenho e o que é escrita. Nosso objetivo durante o processo de aquisição da lecto-escrita é despertar as capacidades cognitivas das crianças propiciando a livre expressão da escrita e a plena autonomia na oralidade. Neste
sentido, realizamos uma pesquisa qualitativa e quantitativa, com a observação diária das crianças nas atividades de leitura e escrita e da aplicação de um questionário a um grupo de 100 pais de crianças da
Educação Infantil de terceiro período. A investigação aconteceu em diversas etapas como: avaliação diagnóstica; acompanhamento e desenvolvimento do trabalho de consciência fonológica; entrevista com os pais e verificação de resultados. O trabalho com a consciência fonológica desde o início do período escolar, de acordo com a idade cronológica, incentiva frequentemente a leitura de diferentes portadores de texto. Os
aprendizes são convidados a observar certas propriedades do sistema alfabético: como a ordem, a estabilidade, a repetição de letras, palavras, ao mesmo tempo em que, divertindo-se, analisam as semelhanças
sonoras (Morais; Leite, 2005). O resultado dessas práticas evidencia-se na satisfação dos pais com a qualidade do ensino e aprendizagem, como também, no excelente desempenho das crianças ao domínio do processo de escrita e leitura desde os cinco anos de forma prazerosa e contextualizada. Isso fica claro, ao constatarmos que em junho, 80% das crianças estão dominando a escrita e a decodificação de palavras. Ao
final do ano percebemos que as crianças já adquiriram o pleno domínio do processo de escrita e leitura, estando com os pré-requisitos necessários para uma alfabetização e letramento de qualidade.


Palavras Chave: esquemas conceituais, consciência fonológica e lecto-escrita

Article Details

Como Citar
SANTOS, A. B., AZEVEDO, E., PAULO, J., SOUZA, P., BARCELOS, S., QUITETE, T., & BRASILEIRO, V. (2015). O DIFERENCIAL DA ESCOLA INFANTIL DO CENSA NO PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LECTO-ESCRITA. umanas ociais & plicadas, 5(14). https://doi.org/10.25242/88765142015855